06 abril 2013

Silêncio - Becca Fitzpatrick

Postado por Loly às 08:37



Editora:Intrínseca 
Autora:Becca Fitzpatrick
Páginas:304 páginas
Ano:2012



Eu não sei o que fazer para resenhar esse livro sem soltar muitos spoilers, porque certos engraçadinhos leem as resenhas de uma serie inteira antes de começarem a lê-la, e se eu disser muita coisa vai tirar toda a graça do segundo livro, por isso vou tentar não citar muitos nomes, ok? Quem leu os dois primeiros vai entender o que estou dizendo, e vai dar uma noção geral da historia pra quem ainda não leu sem revelar tudo.






Bem, se passaram três meses desde o sequestro de Nora, e desde o acordo que Patch fez com o mão negra de solta-la em troca das suas asas e informações sobre os anjos caídos. Mão negra cumpre a sua palavra e liberta Nora, mas sem qualquer memoria dos acontecimentos dos últimos cinco meses, a garota acorda em um cemitério, e acaba encontrando lá uma grande pena negra, que ela leva consigo (guardem esse detalhe, é relevante para a historia). Ela tenta voltar a sua vida normal, mas isso é um tanto complicado já que todos a tratam como se fosse feita de vidro, ou no caso de Marcie e algumas outras patricinhas como uma louca traumatizada. A parte louca parece ser verdadeira quando Nora começa a ter, aparentemente, algumas alucinações (é basicamente como no primeiro livro, em que ela não sabia da existência de anjos caídos e Nephilins e eles brincavam com a mente dela, mas será quem que esta brincando dessa vez?).
Outra coisa decididamente ruim é o fato de que sua mãe esta namorando o pai de Marcie, e Nora não gosta nem um pouco dele.
Descobrir que a mãe e a melhor amiga mentiram pra ela sobre certos detalhes de suas memoria é outra coisa que não ajuda muito na recuperação.
Um dia quando ela está sozinha na praia reencontra um velho amigo Nephilim que esclarece algumas coisinhas, como por exemplo, a identidade do Mão Negra, e Nora esta mais do que disposta a ajuda-lo derrotar essa pessoa, na verdade o que ela mais desejaé mata-lo.
Enquanto Nora lida com esse monte de problemas sem muitas referencias a que se agarrar ela encontra Jev, um cara que meche com algo profundo dentro dela, ao mesmo tempo em que emana perigo. Mas talvez ele não seja de todo mal, já que salvou a vida dela.

“Os olhos de Jev estavam fixos na escuridão além do para-brisa.
-Porque sou um deles.
Imediatamente balancei a cabeça.
-Você não é como eles. Eles teriam me matado. Você voltou por mim. Você impediu Gabe. ...
...-Estou os protegendo, porque tenho que proteger. Se a polícia os ver em ação, estragará nosso disfarce. Esta cidade não está preparada para Dominic, Jeremias, ou qualquer um de nós.
Ele me olhou, seus olhos nitidamente suavizando em um preto aveludado. Havia alguma coisa me consumindo sobre a maneira como seus olhos me prendiam, eu quase senti seu olhar como um toque real.
-E eu não estou pronto para deixar a cidade ainda.
Ele murmurou, seus olhos ainda segurando os meus.
Ele chegou mais perto, e senti minha respiração ficar um pouco mais rápida. Sua pele era mais escura do que a minha, mais firme. Ele era bonito o suficiente para ser charmoso.
Estava todo rígido, ângulos proeminentes. E estava me dizendo que ele era diferente. Não porque era diferente de qualquer outro cara que eu já tinha conhecido, mas porque era algo totalmente diferente. Agarrei-me a uma palavra nova e estranha que tinha ficado comigo a noite toda.
-Você é um Nephilim?
Quase como se tivesse ficado ofendido, ele estremeceu para trás. O momento todo rompido.
-Vá para casa e continue com sua vida."
Como ele pode dizer isso? Se conhecesse Nora, saberia que ela não é o tipo de garota que desiste de algo com facilidade, principalmente quando envolve a segurança de amigos ou... Família. E descobrir, pela segunda vez, uma triste mentira sobre sua vida familiar pode ser um pouco traumatizante.
Em minha humilde opinião esse é um bom livro, talvez não empolgante ou marcante, mas bom, e como vocês já devem ter percebido nos dois anteriores, Becca gosta de nos surpreender, e no final ninguém é quem diz ser, grandes inimigos tornam-se aliados, afinal nada une mais duas pessoas do que um adversário em comum.

Boa leitura.

0 comentários:

Postar um comentário

Desmatamento Zero!!!

 

Arquitetos de Palavras Template by Ipietoon Blogger Template | Gadget Review